Home > Miguel Pereira > Profile

Miguel Pereira


Country: Portugal   |   Blog   |   Member since: octobre 10, 2007
Bio: wine blogger



pingamor has reviewed the Le Loup Noir 2009 3,5 /5
Add comment (optional)
Configure your account to share on Twitter.
Add comment (optional)
Configure your account to share on Twitter.
Add comment (optional)
Configure your account to share on Twitter.

Add comment (when adding bottles to cellar)
Configure your account to share on Twitter.

É o primeiro Bag in Box que aqui ponho, isto apesar de já me terem passado uns tantos pelo copo, especialmente em reuniões familiares onde o vinho não é rei nem roque. Tudo muito fraquinho, muito simplório (curioso é que quando vamos no 15º copo já nos parece Barca Velha....). Mas vamos a este Lobo Negro, um vinho do Solar dos Lobos. É claramente um vinho acima da média dos restantes BIB que conheço. É uma alentejano encorpado, com boa complexidade, boa acidez. Tudo no sítio. Não é barato (tendo em conta o que vemos no mercado), mas tem uma grande mais valia: a durabilidade. Esteve dentro da "caixa" mais de uma semana e não houve qualquer alteração. Talvez seja este o futuro dos vinhos desta gama., dos chamados "vinhos de todos os dias". Eu apoio.
1953 days ago  ·  Comment  ·  Show translations
pingamor marked Le Loup Noir 2009 as tasted
Add comment (optional)
Configure your account to share on Twitter.
Add comment (optional)
Configure your account to share on Twitter.
Add comment (optional)
Configure your account to share on Twitter.

Add comment (when adding bottles to cellar)
Configure your account to share on Twitter.

pingamor has reviewed the Terra D'Alter 2010 3 /5
Add comment (optional)
Configure your account to share on Twitter.
Add comment (optional)
Configure your account to share on Twitter.
Add comment (optional)
Configure your account to share on Twitter.

Add comment (when adding bottles to cellar)
Configure your account to share on Twitter.

Com este tempo já não apetece muito te-los no copo, mas não deixamos de os provar e conhecer. Este vem do Alentejo, de um produtor recente mas já com grande sucesso. 100% Touriga Nacional e com uma cor muito apelativa, é praticamente irresistível deixa-lo de lado. Muita fruta doce, algum floral, boca claramente adocicada e apimentada com uma acidez equilibrada. Muito, muito bem feito (para quem gosta deste tipo de perfil, claro está). É daqueles que não temos de ter comida por perto, daqueles que as senhoras gostam (e nós também...que elas os bebam...). Gostei de o conhecer.
1954 days ago  ·  Comment  ·  Show translations
pingamor marked Terra D'Alter 2010 as tasted
Add comment (optional)
Configure your account to share on Twitter.
Add comment (optional)
Configure your account to share on Twitter.
Add comment (optional)
Configure your account to share on Twitter.

Add comment (when adding bottles to cellar)
Configure your account to share on Twitter.

pingamor has reviewed the Bétula 2010
Add comment (optional)
Configure your account to share on Twitter.
Add comment (optional)
Configure your account to share on Twitter.
Add comment (optional)
Configure your account to share on Twitter.

Add comment (when adding bottles to cellar)
Configure your account to share on Twitter.

Um branco do Douro feito com duas castas estrangeiras, francesas - Sauvignon Blanc e Viognier - que talvez sejam as duas castas que menos gosto, pelo menos nos brancos feitos em Portugal. A marca, desde a primeira colheita, está a ganhar adeptos e consistência. Atrevo-me a dizer que será um dos brancos feitos no Douro que está na moda. Boa imagem, cosmopolita, muito bem feito. Gostos à parte, percebe-se a qualidade do vinho. As duas castas trabalham bem juntas e a isso juntando a mineralidade e frescura do solo e altitude da vinha, resulta num bom vinho. Não é propriamente o meu estilo de branco (já que gosto deles mais secos) mas terá, certamente, muitos adeptos.
1954 days ago  ·  Comment  ·  Show translations
pingamor marked Bétula 2010 as tasted
Add comment (optional)
Configure your account to share on Twitter.
Add comment (optional)
Configure your account to share on Twitter.
Add comment (optional)
Configure your account to share on Twitter.

Add comment (when adding bottles to cellar)
Configure your account to share on Twitter.

pingamor has reviewed the Casa Cadaval Pinot Noir 2008
Add comment (optional)
Configure your account to share on Twitter.
Add comment (optional)
Configure your account to share on Twitter.
Add comment (optional)
Configure your account to share on Twitter.

Add comment (when adding bottles to cellar)
Configure your account to share on Twitter.

É um vinho que não bebia há muito tempo. Outras modas e constantes novidades assim o ditaram. Mas voltei a ele recentemente e em boa hora o foi. Um belíssimo vinho, apesar de não ser o meu Pinot português preferido. Um dos últimos que me encantou foi o Quinta de Sant'Ana. Mas voltando a este ribatejano, pode-se dizer que é um Pinot guloso, com a fruta toda lá em cima, madura e uma belíssima acidez. Curioso que ultimamente ando a escolher cada vez mais vinhos com esta casta. Não pondendo, ainda, ir aos "verdadeiros", da Borgonha, fico-me pelos "grandes" e muito honestos portugueses. E, atenção, que não fico nada mal servido.
1956 days ago  ·  Comment  ·  Show translations
pingamor marked Casa Cadaval Pinot Noir 2008 as tasted
Add comment (optional)
Configure your account to share on Twitter.
Add comment (optional)
Configure your account to share on Twitter.
Add comment (optional)
Configure your account to share on Twitter.

Add comment (when adding bottles to cellar)
Configure your account to share on Twitter.

pingamor has reviewed the Krohn
Add comment (optional)
Configure your account to share on Twitter.
Add comment (optional)
Configure your account to share on Twitter.
Add comment (optional)
Configure your account to share on Twitter.

Add comment (when adding bottles to cellar)
Configure your account to share on Twitter.

17.00 horas, baixa lisboeta, na GN Cellar. Cinco vinhos em prova, todos eles tawny da Krohn. O cenário estava montado. A Krohn é conhecida precisamente pelos seus tawny, principalmente pelos seus Colheita. Aqui provámos o mais recente, o 2001 e um com alguns anos, o 1983. Provámos ainda os blend 10 anos e 20 anos e o mais "corrente", Porto Governador. Começando por este último, não gostei. Achei-o banal, muito doce, sem nada que me agradasse e olhem existem vinhos deste tipo e mais baratos que têm qualidade, como por exemplo os vinhos da Quinta do Infantado. O 10 anos está bem conseguido, muito equilibrado. Do 20 anos já não gostei tanto. Falta-lhe frescura, falta-lhe nervo. O aroma é pesado. Em relação aos Colheita, bons os dois. O 2001 dentro do estilo frutado e muito equilibrado, o 1983 o melhor deles todos, muito rico, profundo, boa amplitude e frescura. Pena custar perto de 50 euros.
1965 days ago  ·  Comment  ·  Show translations
pingamor marked Krohn as tasted
Add comment (optional)
Configure your account to share on Twitter.
Add comment (optional)
Configure your account to share on Twitter.
Add comment (optional)
Configure your account to share on Twitter.

Add comment (when adding bottles to cellar)
Configure your account to share on Twitter.



Stats

32 useful votes   |   147 wines added to the community

Following 16


Followers 21


Location

Member feeds

Everything  /  Cellar  /  Tasted Wines  /  Wishlist  /  Favourites

Login to flag this user as innapropriate